Mensagem

COMO SERÁ O REINADO DO MESSIAS? UMA VISÃO DE ISAÍAS 2;2-5


 
PARALELISMO EM ISAÍAS 2:2-5
 
 
2Nos últimos dias, acontecerá que o monte da Casa do Senhor       CASA DO SENHOR – futuro
será estabelecido no cimo dos montes                                                     FIRMADA   – Futuro
e se elevará sobre os outeiros,                                                                  ELEVADA   futuro
e para ele afluirão todos os povos.                                                      CASA DO SENHOR – futuro
 
3Irão muitas nações e dirão:                                                              (DA CASA) SE DIRÁ –  futuro
 
Vinde, e subamos ao monte do Senhor e à casa do Deus de Jacó,     CONVITE PARA A CASA  
para que nos ensine os seus caminhos,                                                 APRENDER
e andemos pelas suas veredas;                                                             CAMINHO
porque de Sião sairá a lei,                                                                        LEI – SIÃO
e a palavra do Senhor , de Jerusalém.                                                  PALAVRA – JERUSALÉM
4Ele julgará entre os povos e corrigirá muitas nações;                           ELE JULGARÁ/CORRIGIRÁ  (DEUS?? OU O MESSIAS?)
estas converterão as suas espadas a em relhas de arados                  CONVERTER  – ESPADAS – RELHAS
e suas lanças, em podadeiras;                                                        CONVERTER –     LANÇAS- PODADEIRAS – 
uma nação não levantará a espada contra outra nação,                    NÃO MAIS GUERRA
nem aprenderão mais a guerra.                                                           APRENDER
5Vinde, ó casa de Jacó, e andemos na luz do Senhor .                     CONVITE PARA A CASA
 
 
Isaías é chamado de o Evangelho no V.T. isto significa que nenhum profeta profetizou mais do que ele sobre as coisas futuras. Além de ser o profeta que mais escreveu junto com Ezequiel e Jeremias. O período de Isaías foi muito difícil. Especialmente porque ele profetizou nos dias em que Israel e Judá tiveram certas “uniões ilícitas” com outros povos.  Os reis nos quais a sua profecia abrange são Uzias (792-740 c.C.); Jotão (750-731 a.C.); Acaz (735-715 a.C.0 e Ezequias (715-686 a.C.) todos reis de Judá, cf. Is 1:1.
Seu extenso livro abrange várias coisas que todos os profetas sempre mostraram. O vidente, ou profeta (Nabih) não falava somente do futuro.. Ele pregava para o presente, mas o futuro pode ser no Senhor ou fora do Senhor.
Ele prega sobre líderes hipócritas, Is 1:10-15, (v.10-11); sobre ganância (Is 5:18); contra os beberrões (Is 5:11); contra os cínicos (Is 5:19).
A profecia de Isaías abrange estes reis que estiveram vivendo situações perigosas e confusas, mas no meio da dor e do perigo, Deus fala ao seu povo para que ele tema a Deus, se arrependa e volte para o caminho do Senhor. É para isto que serve este período  do natal, renovar esperanças, avaliar caminhos errados e mais uma vez voltarmos para o nosso Deus.
 
O nosso texto de Isaías 2:2-5 nos mostra algo futuro para Isaías, algo que só podemos entender com a vinda do Messias, ou do assim chamado o descendente da mulher, o descendente de Davi que haveria de reinar para sempre.  este texto é compreendido no mundo Evangélico de duas formas:
 
1) Quando chegar o fim, nos “ultimos dias”, Deus virá e estabelecerá Israel  como nunca. 
Nesta forma de pensar, isto ainda não aconteceu, pois ele está falando literalmente para Israel, e isto não tem nada a ver com a gente;
Mas há uma outra forma de ver o texto:
 
2) Se pensarmos que o dia do Senhor se dividiu em dois dias, primeira e segunda vinda, entenderemos que desde a ressurreição, já estamos nos últimos dias. (veja At 2:16-17; 1Jo 2:18); Então este texto se refere especialmente a obra que Jesus fez em parte na primeira vida e definitivamente terminará na segunda vinda. É dessa forma que veremos o texto, ele se refere aos nossos dias.    
 
COMO SERÁ O REINADO DO MESSIAS?
 
1) Será um reinado estabelecido por Deus numa casa, v.2 -Casa do Senhor, v.3 – Casa do Deus de Jacó e no v.5 de novo;
a) Esta casa seria a do Rei Davi, isto foi anunciado pelo Anjo Gabriel para Maria: “eis que conceberás e darás a luz um filho, […] Este será grande e será chamado “filho do Altíssimo”; Deus o Senhor lhe dará o trono de Davi, seu pai; Ele reinará para sempre sobre a casa de Jacó e o seu reinado não terá fim.” cf. Lc 1:31-33.
b) Essa casa rceberia a visita de um Filho que viria e se chamaria Emanuel, Is 7:13-14. Essa casa é a Casa do Emanuel, Deus conosco.
c) Essa casa seria estabelecida por Cristo, ela é chamada de o ” Israel de Deus” Gl 6:16, ou a “Igreja”  Mt 16:18. Claro que um dia será estabelecido o lugar definitivo da Casa do Senhor, mas isto já é visível aqui e agora.
 
2) Ele será um reinado que atrairá muitos povos, muitas pessoas de todas as raças, povos, linguas e nações, v. 2b e 3.
Quando Jesus nasceu, magos don oriente vieram adorá-lo.
Quando Jesus estava aqui em seu ministério terreno, os pecadores estavam com Ele e eram atraídos a sua beleza, ao seu amor.
 
3) Nesse reinado nós vamos aprender a Lei para andar no Senhor, v.3
Para você obedecer ao Senhor precisa acontecer 3 coisas segundo o Novo testamento:
1) Você precisa ser transformado pelo Espírito de Deus, tirarei o coração de pedra e darei um coração de carne, diz o Senhor – antes de regeneração não há obediência;
2) Você precisa reconhecer que obedecer ao Senhor é melhor do que sacrifícios. Deus não se alegra em obediência cega, mas obediência de coração;
3) Você só vai dizer que quer obedecer se você crer que Deus tem o melhor pra você;
 
O N.T. trabalha muito a ideia de “andar no Senhor” – não andeis como os gentios, Ef 4:1 e 17.
A profecia se refere a isto!
 
4) Nesse reinado haverá trabalho e não guerra, luz  no meio das trevas, v.4-5 
 
O Senhor julgará os povos e corrigirá muitas nações, sabemos que o julgamento já foi dado, e o julgamento é este, quem nele crê não é julgado, o que não crer já está julgado…O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz… (cf. Jo 3:18-19).
O próprio Natal já é julgamento, mas haverá um julgamento final em vivos e mortos, ricos e pobres vão ser julgados. Mas o julgamento dessa profecia não é o final e sim o inicial, aquele da 1a Vinda em que o Messias corrigirá os seus:
 
a) Ele corrige os seus mudando suas armas, v.4b – espadas em relhas de arados e as lanças em podadeiras ou foices, poderíamos dizer: guerra em paz – luta em trabalho – medo em amor  – tristeza da guerra em alegria de trabalhar para Deus;
b) A luz do Senhor é que nos guiará em todas as coisas, no meio de tantas trevas, pode se ver o sol da justiça.
 
Essa profecia se cumpre literalmente na pessoa e na obra do Senhor Jesus, a Ele toda a glória e louvor!