A Importância do batismo – Estudo #6.1

“Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo…” Mt 28.19.

Introdução: Quando falamos em Batismo há uma confusão completa. Alguns dão muito importância a forma do batismo que se esquecem da sua teologia. Outros chegam até a confundir salvação com batismo. Alguns dizem que o batismo lava pecados e ainda outros afirmam que o batismo tem caráter mágico – ele espanta males. Como entender esse assunto?

 

Neste estudo, (que se dividirá em 3 partes) vamos estudar: 1) Porque o batismo é importante, o que ele representa? 2) Porque alguns dizem que é por imersão e outros [como nós os Reformados] crêem que o batismo é por aspersão?,  e ainda, 3) Porque alguns aceitam o batismo infantil e outros não.

Por isso é que o assunto é bem controverso. Então vamos estudar.

Vamos tentar responder as perguntas acima pensando biblicamente. Começamos com a pergunta:

Porque o batismo é importante? O que ele representa?

A palavra batismo só aparece no N.T. (Novo Testamento),  porque ele não aparece no V.T. (Velho Testamento)?

Na realidade, o batismo foi inaugurado no N.T., mas o V.T também havia um “ritual de iniciação” que era considerado o “batismo do V.T.”, mas no N.T. inicia-se por João o chamado batista, Mc 1:4-5. Desta forma, observamos algumas coisas importantes:

1) João começou uma obra inédita com sua pregação de arrependimento – a palavra batismo significa pelo dicionário de Almeida: “BATISMO Cerimônia cristã de iniciação. O emprego da água em lavagem ou banhos rituais aparece em numerosas e diferentes religiões. O batismo cristão tem como antecedente direto as abluções praticadas pelo Judaísmo e, mais particularmente, o batismo de João, o precursor de Jesus. Significa um voltar-se a Deus, o que requer a confissão de pecados e o arrependimento.”1 – A palavra significa submergir, mas também: lavar, aspergir, etc.

Muitas pessoas pensam que o batismo é somente “mergulhar”, porque são chamados de batistas ou anabatistas2 Mas a Bíblia usa a palavra como:

a) Batismo é uma morte, veja Lc 12:50.

b) Batismo é usado na Bíblia para lavar as mãos e pés, veja Mc 7:4 – a palavra para lavar e aspergir é “batizontai”.

c) Batismo é usado como aspergir, veja 1 Co 10:2 – a Bíblia nos diz que o povo de Israel ao passar pelo meio do mar (com pés secos) foram batizados por aspersão. Muitos batistas ignoram esse batismo.

2) João Batista pregava no deserto, e o elemento mais importante era o “arrependimento para perdão de pecados”.

Neste sentido, o batismo era uma “prova” que uma pessoa estava arrependida. Mas no N.T.  Nessa descrição acima vemos que o batismo começou a ser um “ato público” que simbolizava duas coisas: arrependimento e fé. Estes dois elementos eram necessários para ser salvo. Jesus disse no início do seu ministério na Galileia:

“O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo; arrependei-vos e crede no evangelho.” Mc 1:15.  

Assim, para provar o arrependimento – João chamava as pessoas no rio Jordão e as batizava.

3) O Batismo não salva ninguém, ele sempre foi uma das “provas de arrependi-mento”, mas a verdadeira “PROVA” de arrependimento está na vida transformada.

No desenvolvimento do N.T. vemos que no dia de Pentecostes, Pedro disse que os arrependidos deveriam ser batizados em nome de Jesus para receber o dom do Espírito Santo. Veja At 2:38-39. “Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. 39 Pois para vós outros é a promessa, para vossos filhos e para todos os que ainda estão longe, isto é, para quantos o Senhor, nosso Deus, chamar.”

Para entrar na Igreja de Cristo é necessário o batismo. Por isso a necessidade de usar água, mas o batismo não salva e nem lava pecados, ele é chamado de “meio de graça”. São aqueles que aceitam a Palavra, veja: At 2:41.

A Igreja Presbiteriana e as Reformadas entendem o batismo de adultos como uma forma de provar que a pessoa crê em Jesus e lhe aceitou a Palavra, assim como a circuncisão no V.T. foi a forma em que Deus fez uma Aliança com Abraão e com toda a sua descendência.

Agora, teste seus conhecimentos sobre esta lição:

No próximo estudo trataremos da confusão sobre a forma do batismo, Estudo # 6.2

A Forma do Batismo, o que a Bíblia diz? Estudo #6.2

O Batismo no V.T. Estudo #6.3.

 

Notas:

1 Sociedade Bíblica do Brasil, Bíblia de Estudo Almeida Revista e Atualizada (Sociedade Bíblica do Brasil, 1999).

2 Os anabatistas surgiram depois da Reforma Protestante. A palavra significa – ana= para cima + batismo = mergulhar e sair para cima.

Anúncios

Sobre ipasigreja

Esta é uma Comunidade que pertence a Igreja Presbiteriana do Brasil e que tem por finalidade pregar o Evangelho de Cristo e edificar os cristãos na graça de Cristo. Nossa doutrina é Reformada!
Galeria | Esse post foi publicado em Batismo e Profissão de fé, Educação Cristã, Mensagem e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para A Importância do batismo – Estudo #6.1

  1. Pingback: BATISMO POR IMERSÃO OU ASPERSÃO? Estudo #6.2 | IPAS – Igreja Presbiteriana de Araçoiaba da Serra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s