5 PRINCÍPIOS BÍBLICOS ERRADOS NA VINDA DE FRANCISCO I AO BRASIL EM 2013

Não a nós, SENHOR, não a nós, mas ao teu nome dá glória, por amor da tua misericórdia e da tua fidelidade. 4 Prata e ouro são os ídolos deles, obra das mãos de homens. 5 Têm boca e não falam; têm olhos e não vêem;

6 têm ouvidos e não ouvem; têm nariz e não cheiram. 7 Suas mãos não apalpam; seus pés não andam; som nenhum lhes sai da garganta.

8 Tornem-se semelhantes a eles os que os fazem e quantos neles confiam. (Psa 115:1,4-8 ARA)

 

Neste artigo gostaria de lembrar alguns princípios da Reforma que infelizmente a Igreja chamada Católica incentiva, mas não muda. Gostaria de enfatizar que minhas acusações não são contra a pessoa de Jorge Bergóglio ou contra qualquer pessoa em si, mas contra a Instituição que pretende e ensina certos erros.

            Alguns dirão que isto é inveja, mas entre o que pensam e a verdade, eu ficarei com a verdade, por isso se você é católico, pense nestas palavras e veja a luz da Palavra de Deus.Vou começar com o princípio que os Reformadores levantaram contra a Igreja católica de o princípio maior da Reforma:

 

O 1o princípio é: Somente a Deus toda a glória, mais conhecido na frase em latim: Soli Deo gloria. Quando vemos honra para as pessoas eu aprovo, mas quando eu vejo “um homem” recebendo glória como o “Santo de Deus”, “substituto de Deus”, não posso me calar. Mas como não devemos só acusar lá, muitos hoje estão buscando a mesma honra intitulando-se “Apóstolos” e dentro da pluralidade protestante – há o mesmo princípio católico, o totalitarismo eclesiástico. Veja o que a Bíblia diz: Por amor de mim, por amor de mim, é que faço isto; porque como seria profanado o meu nome? A minha glória, não a dou a outrem.” (Isa 48:11).

 

O 2o princípio bíblico que quero enfocar é o perigo da idolatria. Calvino nas Institutas nos mostrou a tendência do ser humano em fazer objetos e pessoas na idolatria. Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não as adorarás, nem lhes darás culto (Exo 20:4-5).

A advertência do 2o mandamento nos aponta sobre o que estão fazendo com o Papa. Diga-se de passagem que sempre foi assim. A Igreja precisa de algo para tocar, algo para manipular, algo para expor, e isto é pecado. Ninguém pode ser um ícone de glória. Até mesmo os santos do passado sempre se reservaram com cuidado para brilhar para Cristo e não para si mesmos.

 

 O 3o princípio que quero destacar é o do Cabeça da Igreja. A Igreja católica entende que o Papa (escolhido por homens) é o cabeça da Igreja. O único Cabeça da Igreja é Cristo Jesus e não o Papa. Falar isso, é colocar o Papa numa posição de Soberano e ao mesmo tempo como aquele que fala e a Igreja obedece. A Palavra de Deus é um guia seguro contra isto:  “Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo,” (Eph 4:15). Alguns diriam: você não está sendo radical demais? Existem outros textos da Bíblia que nos ensinam quem é o Cabeça da Igreja, o bispo de Roma e toda a Igreja Católica é pretenciosa em chamá-lo de Cabeça da Igreja, esse título é de Jesus Cristo;  ” porque o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, sendo este mesmo o salvador do corpo. (Eph 5:23)

 

O 4o princípio bíblico avultado e profanado é o conceito errado da palavra “Santo”. A Bíblia chama todos os crentes de santos em Cristo Jesus, mas isto não significa que eles sejam sem pecado. A forma como falam do Papa é contrário a Palavra de Deus e contra todo o silogismo em  muitas formas:

1) O Papa é homem;

2) Todo homem é pecador: (Rm 3:23); logo

3) O Papa é pecador.

O Dogma da Infalibilidade Papal foi promulgado em 1860-70 no Concílio Vaticanus I e foi um escândalo para todos aqueles que conhecem a Palavra de Deus.

 

O 5o princípio bíblico que vou enfatizar é a venda de objetos e de “amuletos” quanto a vinda do Papa. Eu não sou contra o livre comércio, mas a Igreja se utiliza demais de objetos associados a religião. Alguém poderia perguntar: mas onde está errado isto na Bíblia? Só o verso de Is 55:1 nos faria refletir isto: “Porque gastais o vosso dinheiro naquilo que não é pão? Quando Lutero na Reforma viu as indulgências cometidas pela Igreja e a venda de amuletos sagrados para o fim de construir a basílica de São Pedro, se revoltou pois os pobres davam suas moedas para o Vaticano com a venda de perdões e os ricos compravam as relíquias da Igreja. 

Com a chegada de Francisco I no Brasil se tem falado muito que ele veio para mudar. Uma Igreja que  prega o amor aos pobres deveria no mínimo ser mais pobre como Francisco de Assis fez. Ele se fez pobre, agora o Vaticano é muito rico, o Papa só tem utensílios de ouro e eu pergunto pra que? Se queremos ver mudanças precisamos ver mudanças. 

 

     Tudo isto, deve ser visto especialmente quando se trata que de Lutero até os dias hoje, a cúria Romana e a Igreja Católica não mudaram muito. Isto sem falar da Idolatria a Maria, a Idolatria aos santos, a forma como a Igreja impõe o erro e outras coisas mais! É simplesmente um absurdo! Que o Senhor nos livre dos erros e faça caminhos planos para os nossos pés! E como Protestante Reformado eu PROTESTO! 

 

Soli Deo Gloria! 

 

Anúncios

Sobre ipasigreja

Esta é uma Comunidade que pertence a Igreja Presbiteriana do Brasil e que tem por finalidade pregar o Evangelho de Cristo e edificar os cristãos na graça de Cristo. Nossa doutrina é Reformada!
Esse post foi publicado em Mensagem. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s